Dicas de Cultura Inútil

Se você tenta ler Nietzsche ou Joyce e não consegue, tenta assistir Godard ou Bergman e dorme no meio, não diferencia Monet de Manet e nem sabe quem foi Emmanuel Kant, PARABÉNS! Você está no blog certo!

19 março, 2002


GUIA GRIMSBORKEN DE SOBREVIVÊNCIA NA HORA DO "RUSH" EM SÃO PAULO (mais um serviço de inutilidade pública)

Parte II - Indo de carro:

1- É importantíssimo você conhecer caminhos alternativos. São Paulo é uma cidade interligada pelas ruas secundárias, você não precisa seguir as vias principais para chegar no seu destino.

2- Nem sempre o caminho mais curto é o mais rápido, principalmente por causa dos semáforos. As marginais são sempre boas alternativas quando não está chovendo, o limite de velocidade é 90km e não existem semáforos.

3- Quando o trânsito está parado, as faixas da direita (onde trafegam os caminhões) andam mais rápido. O motivo é simples, como os caminhões andam mais devagar eles percorrem distâncias maiores antes de parar. E quando se movem liberam mais espaço para você se mover.

4- Evite ir em direção à zona leste de manhã ou ir em direção ao centro de tarde pela Radial. Motivo: a faixa reversível, que atrapalha quem quer seguir na direção oposta ao fluxo.

5- Se precisar, compre um bom guia (de preferência com as "mãos" das ruas) e estude o melhor caminho. Não é muito aconselhável seguir as placas, elas podem confundir as vezes.

6- Se for verão e chover, desista. Evite as marginais, a Av. Aricanduva e a Av. do Estado a todo custo. Pare o carro e tome uns aperitivos num bar, ou jante. Você não vai chegar em casa antes das 9:00h da noite mesmo... :P

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home