Dicas de Cultura Inútil

Se você tenta ler Nietzsche ou Joyce e não consegue, tenta assistir Godard ou Bergman e dorme no meio, não diferencia Monet de Manet e nem sabe quem foi Emmanuel Kant, PARABÉNS! Você está no blog certo!

19 março, 2002

GUIA GRIMSBORKEN DE SOBREVIVÊNCIA NA HORA DO "RUSH" EM SÃO PAULO (mais um serviço de inutilidade pública)

Parte III - Andando a pé, de metro, ônibus ou lotação:

1- Andar a pé é sempre um bom exercício, se o ônibus estiver demorando muito, ande até o próximo ponto. Não fique parado em São Paulo, é perigoso.

2- Evite fazer baldeação na Estação Sé do metro, principalmente de tarde. Veja se não existe um ônibus que vá para o seu destino saindo de outra estação, as vezes compensa mais.

3- Se a baldeação na Sé for necessária, evite seguir para a direção oposta em busca de lugares para sentar nas estações mais vazias. Além de você perder tempo, vai descobrir que MUITA gente teve a mesma idéia.

4- Não se assuste ao chegar na Estação Sé, sentido Zona Leste, as 6:00h da tarde. Pegue o metro na segunda porta do primeiro vagão. Isso porque bastante gente desce na Estação Brás, deixando um bom espaço para você depois.

5- Essa também é boa: dependendo da estação que você for descer, fique longe das portas que dão em frente às escadas rolantes, elas são sempre mais cheias. De novo, andar faz bem à saúde.

6- Quando andar de ônibus, prefira as rotas com várias opções de linhas, mesmo que você tenha que andar mais para chegar em casa ou no trabalho. Assim você não fica plantado no ponto.

7- Cuidado ao sentar no ônibus. Calcule bem o tempo para chegar na porta antes de descer no seu ponto, se o ônibus costuma encher é melhor ficar em pé as vezes.

8- Entre lotações e ônibus, eu prefiro os últimos. São mais espaçosos, eles não param em todos os pontos, não ficam esperando o ônibus encher para sair e o cobrador não fica gritando o trajeto de cinco em cinco minutos.

9- Em caso de greve, é cada um por si. Porém, a cada greve de ônibus ou de metro o número de lotações aumenta, e mais gente passa a usá-las. Por isso, os metroviários e os motoristas de ônibus estão cada vez mais receosos de entrar em greve. É uma manobra covarde da prefeitura legalizar as lotações para impedir greves, mas funciona a curto prazo.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home